DICAS SUSTENTAVEIS

Pequenas atitudes que fazem a diferença!

 

ÁGUA:

  • Feche a torneira enquanto escova os dentes! Com a torneira aberta, são desperdiçados de 50 a 80 litros de água enquanto se escova os dentes, ou se faz a barba. Aprenda a utilizar a torneira com menos vazão possível. Uma torneira aberta deixa correr de 12 a 20 litros de água por minuto.
  • Se torne um guardião da água. Saia por ai fechando torneiras que estão pingando, estimule e mostre a amigos e parentes a importância de utilizar esse recurso de forma consciente.
  • Use um balde para lavar o carro! Com uma mangueira permanentemente aberta, mais de 600 litros de água são gastos!

 

ENERGIA:

  • Racione o uso do ar-condicionado. Na maior parte das vezes, uma janela aberta resolve o incômodo do calor. Quando for usar o ar condicionado aumente em 2 graus. Com essa atitude você evita que 900 kg de dióxido de carbono por ano, subam para atmosfera.
  • Troque as lâmpadas incandescentes por versões fluorescentes mais econômicas. Elas podem gastar até 65% menos energia e durar até 10 vezes mais do que as lâmpadas de filamento, reduzindo, assim, a geração de resíduos.
  • Evite acender lâmpadas durante o dia. Abra janelas, cortinas, persianas e deixe a luz do sol iluminar a casa.
  • Compre apenas eletrodomésticos que tenham avaliação A no selo Procel. Eles ajudam a diminuir sua conta de luz e permitem uso mais eficiente de energia elétrica. Veja a lista completa dos eletrodomésticos que têm o Selo Procel, no sitio http://www.eletrobras.com/elb/procel/main.asp.
  • Quando sair da sala, desligue o monitor do computador. As proteções de tela também gastam energia que pode ser economizada apenas ao apertar um botão.
  • Racionalize o uso de pilhas, procure usar pilhar recarregáveis. Quando acabar seu prazo,encaminhe as caixas coletoras específicas. As pilhas contaminam a água e o solo, com mercúrio e cádmio, e a atmosfera com vapores tóxicos.
  • Crie o habito de tirar televisão, dvds, sons e outros aparelhos da tomada e calcule a economia na conta. Evite deixar aparelhos eletrônicos no modo de espera (stand by).
  • Seja um agente voluntário do “apagão”; Saia por ai apagando todas as luzes desnecessárias na sua casa, trabalho, banheiros públicos, shoppings, restaurantes e afins. A conta em real nem sempre é você quem paga, mas o ônus ambiental reflete em todo o planeta.

 

 

TRANSPORTE:

  • Use menos o carro! Ande de bicicleta, caminhe e utilize mais transportes públicos. Cada quilometro que deixar de percorrer de carro, você evita a emissão de cerca de 300 gramas de dióxido de carbono.
  • Verifique semanalmente os pneus! Manter os pneus calibrados pode diminuir o consumo de gasolina em mais de 3%. Cada litro economizado evita que 3 kg de dióxido de carbono subam para a atmosfera.
  • Quando for comprar um carro, opte por motores flex com combustíveis menos poluentes como álcool.
  • Pratique carona solidária! Ao se dirigir ao trabalho, eventos, seminários, aulas ou viagens procure saber quem vai de carro e como você pode criar uma rede de carona solidária. Em Brasília e nas grandes capitais a grande maioria dos veículos particulares circulam com uma ou duas pessoas no máximo.
  • Tenha sempre um saco de lixo no carro e nunca jogue lixo na rua ou pela janela. Além de falta de educação e cidadania essa atitude contribui para o desequilibro de uma cidade com o entupimento dos bueiros e aumento de doenças causadas pelo lixo acumulado.

 

ALIMENTAÇÃO:

  • Evite comprar legumes, frios e carnes em bandejas de isopor.
  • Procure produtos que tenham menos embalagens ou utilize aqueles que tenham embalagem feita com materiais reciclados ou recicláveis.
  • Ao cozinhar, mantenha a tampa da panela fechada. Com essa atitude você concentra mais calor e economiza gás de cozinha.
  • Feche sempre bem a porta da geladeira. Aberta, há um maior consumo de energia para manter a temperatura. Não deixe a porta aberta enquanto pensa no que vai tirar dela, nem a abra e feche repetidas vezes.
  • Evite manter a temperatura interna do refrigerador inferior a 5 ou 6 graus. Isso aumenta o consumo energético em cerca de 7%.

 

CONSUMO CONSCIENTE:

  • Olhe atentamente o rótulo de qualquer produto comprado no mercado. Veja se você conhece os ingredientes que estão no rótulo. Procure saber a idoneidade da empresa que você está comprando e consequentemente financiando. Lembre-se a escolha é sua!
  • Opte por produtos e serviços produzidos localmente ou por empresas nacionais.
  • Compre em lojas, feiras e redes que comercializem produtos com certificados como Comércio Justo, Produto Agroecológico, Biodinâmico entre outras iniciativas que beneficiam o meio ambiente e respeitam a relação com o trabalhador.
  • Dê preferência as pequenas quitandas, mercadinhos e armazéns do seu bairro que vendam produtos produzidos na sua região. Os grandes hipermercados padronizaram o consumo e descaracterizam o comércio local tradicional.
  • Quando for dar um presente, use a criatividade e procure surpreender com presentes educativos, ecológicos e artesanais.
  • Antes de comprar qualquer coisa, pense muitas vezes se aquilo é realmente necessário ou se pode conseguir emprestado com alguém.

 

REUTILIZE!

  • Opte sempre pelo papel reciclado, imprima só o necessário, no modo econômico e utilize os dois lados da folha. A fabricação de mais papel faz com que sejam derrubadas mais árvores, aumentando o aquecimento global e diminuindo a qualidade do ar e da água.
  • Evite a indústria dos descartáveis: prefira o coador de pano, os alimentos fora das bandejas de isopor, o copo de vidro e guardanapos de pano, enfim, todo produto que se use, lave e use novamente, em vez de jogar fora. Assim, você economiza os recursos da natureza e diminui a quantidade de lixo, um dos grandes problemas do nosso tempo.
    Troque as sacolas de plástico por sacolas de tecido para ir às compras. Avise ao caixa que você traz a sua própria sacola e exerça seu direito de reduzir para preservar. Com essa pequena atitude você deixa de consumir milhares de plásticos descartáveis e poluentes.
  • Faça a troca solidária e a doação como ferramentas constantes em sua vida. Muitas roupas, cds, dvds, livros, enfeites e objetos parados, são de grande valia para outras pessoas e no entanto, acabam criando traças nos armários e caixas acumuladas em casa.

 

 

BONS HÁBITOS!

  • Crie o saudável hábito de substituir o elevador pelas escadas. Além de economizar energia você fará um bem para sua saúde.
  • Comece o dia com pensamentos positivos repleto de gestos solidários, humanizados e ecológicos.
  • Troque gradativamente os minutos que você passa na frente da TV por horas abraçado com um bom livro. Muitas oportunidades fruto desse conhecimento vão se abrir na sua vida.

 

Referências:
Enlazador, Thomas. Almanaque de Práticas Sustentáveis.
www.natureba.com.br
http://www.akatu.org.br
http://ecopedagogia.blogspot.com
www.catalisa.org.br